aqui

Voluntariado no Abrigo e nas Campanhas de Adoção

Marcia e Paulinho, os anjos do Abrigo


Voluntários são uma preciosa ajuda em ONGs do mundo inteiro. Entretanto, a realidade brasileira na proteção animal é bem diferente.  Por mais que sejam muito bem-vindos e valorizados, o trabalho voluntário não é simples, e, pela nossa experiência, 10 entre 10 candidatos não voltam no segundo dia, ou desistem na semana seguinte. Este fato não é um “defeito” do voluntariado, é apenas a consequência da total falta de infraestrutura de 99% dos abrigos e locais de acolhimento da proteção animal.

Não existem recursos para investimento em instalações como consultórios, ambulatórios, canis/gatis, locais para banho e tosa, exercícios e socialização dos animais. E nem para instalações adequadas para os voluntários, como banheiro com chuveiro, copa, sala para descanso, etc. Todos os recursos são destinados à alimentação, tratamento dos resgatados e emergências! Consequentemente os voluntários se sentem desprestigiados e se desestimulam de trabalhar em condições tão inadequadas.

Especificamente no nosso caso, o abrigo que a Ação Animal apoia, está no terreno da casa de uma senhora, Dona Marina, e infelizmente ainda não existe estrutura física para receber voluntários ou visitantes com o mínimo de segurança por que:

  1. Dezenas de animais ficam soltos o tempo todo, possibilitando acidentes com os voluntários; separar brigas é comum;
  2. Não existe ainda banheiro para visitas;
  3. Não há sala para descanso;
  4. Inexiste copa para alimentação;
  5. Apesar de ser limpo todos os dias, sempre há fezes pelo chão (são 450 animais!) e cães pulando nas pessoas. É impossível sair de lá direto para qualquer outro local antes de se tomar um banho, e não temos esse espaço;
  6. As emergências são muitas e a prioridade é sempre cuidar dos doentes e velhos;
  7. Temos de ministrar medicamentos (quando necessário, soroterapia) e cuidar da alimentação;
  8. Precisamos fazer a limpeza do chão e das gaiolas onde ficam os animais doentes;
  9. Temos que lavar cobertores, toalhas e vasilhas;
  10. Precisamos transportar os animais para clínicas veterinárias para consultas, exames ou cirurgias.

E, além de todos os fatores acima, todo voluntário precisa ser treinado, o que consome vários dias de outro voluntário fixo da ONG, muitas vezes para receber o novo voluntário apenas 1 vez por mês, por 2 ou 3 horas.

Muitas pessoas nos escrevem e dizem: “Eu sei que é um local pobre, mas eu topo trabalhar como voluntário”. Mas, depois que a pessoa vivencia a realidade acaba desistindo.

Não é só dar remédio e fazer curativos, é equilibrar tudo nas mãos porque se colocar no chão outros 20 animais pegam os remédios e brigam na disputa! Os cães ficam soltos em grupos, e são muitos. Os latidos são constantes e altos.

Não dá pra sentar confortavelmente, sentamos no chão ou em muretas. Se uma cadeira é colocada os animais imediatamente sobem nela e se apoderam do espaço privilegiado.

É uma pena que esta seja a realidade, mas só conseguimos pessoas que tenham real comprometimento e não faltem com suas tarefas, se forem justamente pagas (e não é nada fácil manter)! Hoje temos dois funcionários no abrigo, um faxineiro e uma auxiliar de enfermagem, e são eles que mantém a saúde e a higiene dos animais.

Por tudo isto, resolvemos aceitar voluntários apenas quando pudermos oferecer um mínimo de estrutura. Esperamos conseguir em breve um novo local mais adequado e equipado, para que possamos contar com essa valiosa ajuda de pessoal externo e dedicado.

Mas, por ocasião de nossas Campanhas de Adoção, que normalmente ocorrem uma vez a cada dois ou três meses, a ajuda de voluntários será sempre muito bem-vinda. Nos eventos, precisamos de pessoas para colaborar na organização, montagem e desmontagem das barracas, limpeza dos dejetos dos filhotes que ficam expostos em cercados, troca de jornal, reposição de água e comida, entre outros cuidados necessários aos animais durante o evento.

Quem se interessar por ser voluntário em Campanhas de Adoção, pode enviar um e-mail para faleconosco@acaoanimal.com.br, informando que gostaria de colaborar nas campanhas, e iremos avisar quando e em que local será realizada.

Mais uma vez, obrigada pelo seu interesse!

Equipe Ação Animal